segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

[DORAMA] The Heirs

Hellou dreamers, como vocês estão? Eu estou tentando descansar o máximo então dizer que estou preguiçosa faz parte, eu acho... Não tem muita coisa a contar dessas férias, talvez uns dias de piscina, filme, The Sims ("sai de mim!"), passeios básicos de família e ir a igreja, para dizer que não estou fazendo nada além disso estou consertando uma maquete, mas estou curiosa sobre como estão sendo as férias de vocês. E vamos para nossa primeira resenha do ano.


Neste dorama temos uns estudantes ricos, privilegiados e de elite e como eles são preparados para assumir impérios empresarias de suas famílias, com jeito todo esnobe. Quase um Boys Before Flowers sem os F4.

Esse dorama é o que mais me deu nos nervos nos últimos tempos aliás, porque jujubas eu fui assistir um dorama onde Shin Hye e Lee Min Ho são principais, quando temos Kim Woo Bin no mesmo drama? Eu com certeza me iludi com a possibilidade de ter algo a mais entre SH e WB mas não deu... mas uma vez.


Eun Sang, a pobretona trabalhadora e chorona, sim ela tem dois empregos e assim ajuda sua mãe que é muda e que trabalha como empregada. Certa vez ela vai visitar a irmã que mora nos EUA e está com dificuldades financeiras também a fim de ajuda-la porém acaba sendo enganada, onde a irmã leva toda a grana que ela tem, deixando ela desnorteada em um país estranho.

Kim Tan, é um jovem mimado e rico que mora nos EUA depois de seu irmão mais velho o enviar para lá, então depois de toda confusão na vida de Eun Sang ele aparece bem neste momento, e claro oferecendo suas ajudas, onde Eun Sang rejeita todas elas, achando que Kim Tan é tarado e tudo mais. Com o tempo quando Eun Sang vê que não tem mais saída acaba aceitando a ajuda de Kim Tan que está se apaixonando aos poucos por ela, quando ela acaba se metendo nas histórias de vida dele e então sabe que ele está noivo de Rachel.


E aí temos essa escola de ricos onde podemos chamar de universo esnobe, e é para onde Kim Tan vai quando volta para Coréia, mas ele mau pode esperar que quem também esteja nesta escola é Eun Sang, que pelo fato de sua mãe estar trabalhando na casa da mãe desgarrada (por Kim Tan ser um filho ilegítimo) de Kim Tan, vai também estudar nessa escola também porque... coisas assim acontecem em doramas para fazer o casalzinho se encontrar certo? Mas claro que existe um motivo mais óbvio.


Nessas escola que já vemos todo esse lance de divisão social, classe monetária, onde se você não é um filho de grana alta, irão lhe infernizar e lhe pressionar até que você desista, algo mais ou menos desse tipo, e Kim Woo Bin (a minha felicidade neste dorama) está lá para isso.

KIM TAN E EUN SANG

Quando vi essa imagem ainda nos teaser dorama me deu vontade de assistir imediatamente só por eles dois, aliás quando vi esse casal e sabia que eles fariam um dorama juntos pensei "não deve existir casal mais perfeito para dorama", aliás adiantei assistir esse drama por esse casal, mas quando fui assistir misericórdia que decepção, as cenas deles dois esmagavam cada vez mais meu coração e comecei a shippar todos os outros casais do dorama menos eles. Com toda essa coisa de menina pobre e garoto rico e ele querer proteger ela e tals, sei que é clichê porém conheço doramas que tiram 10 a 0 nesse aspecto sem descer do salto (x) E a Eun Sang chorava tanto pelas questões referentes ao Kim Tan, que não acho que uma pessoa mereça tanta sofrencia, outra coisa é que não gosto dessas personagens frágeis que a pessoa diz pra ir e ela vai, fica e ela fica, isso é muito chato e era o que mais o Kim Tan fazia, mandava nela toda hora.

YOUNG DO E EUN SANG

Esse casal aí sim, torci, criei esperanças, mas nada que funcionasse para que Eun Sang finalmente esquece-se Kim Tan, tudo bem Young Do era um bad boy, porém ele me cativou muito com esse personagem. Young Do só trazia Eun Sang para perto dele a força e depois que terminou o dorama e comecei a refletir, ele não tinha uma outra forma de chegar nela, ainda mais com o Kim Tan pombo sempre sobrevoando perto, o coitado do Young Do fez o que fez, tentou o que tentou mas nada. E apesar de ele ser daquele modo de ser todo nem aí pra as consequências, ele cresceu por causa do seu amor por Eun Sang, se tornando alguém melhor e eu realmente gosto destes personagens que sabem quando parar de sofrer, então se tenho que dar um prémio para personagem 'joinha' é ele. 👍

CHAN YOUNG E LEE BONA

E esse casal eu não tenho muito o que falar, o mais apaixonado de todo dorama, e era lindo ver os surtos da BoNa pelo seu querido Chan Young quando ela sempre via a Eun Sang com ele, que aliás são amigos de infância. A Lee BoNa é uma personagem fofíssima e eu ri com muitas cenas principalmente quando o Kim Tan volta para a escola, e sem falar nas inspirações de look dela. Já o Chan Young aka MinHyuk fofíssimo do CNBlue <3





Temos também os lindíssimos personagens secundários, a mãe da Eun Sang, Hee Nam e a sua patroa mãe de Kim Tan, Sung Ryung que no decorrer do dorama meio que viraram amigas e parceiras de várias tramoias. O lindíssimo Kim Won de Gu Family Book como Jin Hyuk que era o meio-irmão de Kim Tan, e Hyo Joo que tinha passado pela mesma história de Eun Sang no passado e Kim Won ainda lutava errado para ter ela, e por fim o gato do Hyo Shin que gostava também de Joo Eun que era sua professora particular. Todos maravilhosos atores e por muitas vezes mau utilizados na trama.

Finalizando, mas uma resenha, e apesar desse drama ter me desanimado em diversos quesitos e como decepcionou, o final? Muita história que não se fechou, não se solucionou, quiseram dar uma pincelada mais não conseguiram além do casal principal ter sido decepcionante, ainda sim, esse dorama entrou no meu ranking "o que como assim?" Apesar de toda minha tristeza e com um dorama que poderia ter sido mais bem aproveitado, acreditem a história teve uma boa base, o autor deu vários deslizes sim, muitos, mas foi uma história bem fundamentada e isso não irei negar.

2 comentários:

Shana disse...

Oi Celli!
Acho que uma amiga minha recomendou esse dorama, mas sabendo que a história fica meio aberta, acho que já me decepciono, hahahaha! Eu tenho um negócio MUITO SÉRIO com finais, eles precisam ser bem concluídos ou no mínimo bem impactantes! Acha que vale a pena mesmo assim? hahahaha!
Obrigada pelo seu comment, querida! :)
Olha, se você gosta dessa ideia de "o amor vence tudo", acho que gostará de Away from Her, mas como é um filme mais adulto, nem tudo é tão romantizado. Ele mostra até bem como é viver com o Alzheimer, mas sinceramente, achei o final muito fantasioso - bom, como disse, tenho um caso sério com finais, hahaha! Achei esperançoso demais, e conhecendo bem a doença, um desfavor mesmo. Enfim!

Um beijo pra você! :*
- Hishoku no Sora

CELLI ✿ ´´ disse...

Shana, se realmente gosta de finais assim como citou não irá gostar, não é nem pelo final das histórias que ficam abertas e sim pelo fato de não ser impactante que de fato não é, no final não temos nenhuma surpresa, mas como disse na resenha a história é muito bem feita e se houvesse uma correção deles estaria muito melhor. Mas não olhe apenas para o final para assistir esse dorama, se ela lhe recomendou é porque tem uma visão diferente da minha e até gostou do casal principal (isso é um ponto importante já que na grande maioria quando descobrimos no começo do dorama quem é o par da mocinha é porque será até o final)

Eu gosto dessa história de o amor vence tudo logo depois que vi Um Amor pra Recordar <3 Quer dizer lá, o final foi bem real, o que se ainda não viu, eu lhe recomendo! Mas finais assim fantasiosos faz a pessoa pensar "será que é real? Será que realmente pode acontecer?" Talvez seja por isso que eu goste ^_^