domingo, 26 de julho de 2015

[REFLEXÃO] Ansiedade no Falar



Como eu sempre digo eu não sei muito sobre nada, porém eu acredito que muitas coisas que passam na minha vida que eu levei algum ensinamento vale a pena ser compartilhado com vocês, então como vocês já devem ter notado no nome do post que se refere no falar, ou seja na fala.

Eu acredito que a fala seja uma benção de Deus para todo ser humano, porque é por meio dela que podemos falar as mais belas coisas, contar histórias, é por meio da fala que podemos interagir com as pessoas que nos rodeiam, com certeza a fala é muito importante e serve para coisas boas, sem ela fica difícil a comunicação, porém... Sempre tem que haver um porém certo? Então lá vai, a maioria das pessoas do mundo não sabem usar o ato de falar do modo correto, e se eu me incluo? Sim, porque aliás, isso acontece bastante comigo e isso realmente é um defeito na qual eu quero mudar. Já passou por isso? Você até pensa no que vai falar mais quando vê já falou?


Uma coisa que estamos sempre falando e devemos evitar é da nossa vida e de nossos planos, no mundo a sempre alguém que está buscando primeiro: nossos defeitos de vida, nossos erros, as nossas dificuldades, só pra te deixar mais pra baixo; e segundo: as nossas vontades, nossos sonhos, nossos planejamentos, nossas inspirações e outras coisas, só pra dizer que acha legal e quer também, sim como criança que vê o brinquedo novo do amigo e tem aquela invejinha, sabem do que estou falando certo? Quem nunca passou por isso? É uma das coisas que mais abomino na minha vida, isso não te ajuda a concluir seus sonhos e sim muitas vezes cria uma barreira ("aliás uma ótima idéia de postagem")


Eis uma situação: Um certo dia tudo está bem, o dia está calmo, as pessoas que estão a sua volta estão conversando coisas boas e saudáveis, e você está lá no meio da conversa, até porque você é uma pessoa comunicativa e amigável, mas aí a conversa é sobre abacaxi, e você vai falar sobre o tomate ou seja nada a ver, acabamos falando oque não devemos, incluímos outras pessoas e depois ficamos com uma consciência pesada, além de deixarmos alguém chateados e com raiva da gente quando descobrem que falaram dela, porque outra pessoa não controlou a boca também, acabamos ficando em más lençóis. Na bíblia diz que a língua é como uma faca de dois gumes, que pode trazer benção e também maldição, no que você está falando, que efeito está fazendo?

Outra coisa que devemos evitar falar é do passado, ou seja coisas que deveríamos ter esquecido, ou seja aquilo que você ouve "não remoa o passado" e além de não remoer mais, pare de falar com as pessoas sobre ele, muitas delas estão cansados de ouvir você falar da mesma historia mais só te escutam por educação. Uma boa ideia que é tosca mais ajuda é falar sozinho (fale em pensamento), assim não enche o saco das pessoas e está colocando seus sentimentos pra fora.


Falar mais que a língua é terrível, como eu sei? Passei isso esses dias, eu falei demais e sinto que acabei magoando alguém, eu realmente acredito que tenho um defeito não penso antes de falar, e acabo falando oque não devo, com as pessoas erradas e muitas vezes nos momentos errados, então acredito que seja uma área que eu tenha que melhorar também, aprender a pensar mais, a pensar no que irei falar o efeito que ira causar. Comprei um livro hoje de uma autora que eu gosto muito o nome do livro é Eu e Minha Boca Grande, que aconselho a todos lerem desde já!

Para oque estamos abrindo nossa boca? Do que estamos falando?

8 comentários:

Hinata Chan disse...

YOOOOOOOO CEEELLLLIIIIII \O/

Belezura!? Como vai esse vidão!? Cê andou vendo os lançamentos divosos que teremos de mangás aqui no Brasil!? Pandora Hearts (supeeerr recomendo a leitura e compra), Orange, Love Complex e ainda por cima uns yaois <333333333. Okks, eu sei que você é mais chegada nos Doramas, mas um shoujo para purpurinar o Kore é sempre muito bem vindo XD

Bem, eu nunca sou de falar muito da minha vida. Sempre quando falo algo é só "abobrinha" ou histórias bizarras, como no blog, quando escrevo sobre minha vida nele é apenas aqueles acontecimentos estranhos para se dar risada. Na verdade, são as outras pessoas que me contam sobre as suas vidas e me pedem conselhos, aliás, tenho uma amiga que frequentemente me pede conselhos (mesmo eu sendo uma péssima conselheira e.e''''').

Mas, realmente não é muito bom ficar gritando aos quatro ventos sobre as nossas vidas, planos e coisas do tipo. Bem, falar que tem vontade de viajar ou comprar alguma coisa tudo bem. O problema é que muitos entram em detalhes, e isso é o problema. Enfim, se expôr completamente além de ser meio perigoso pode incomodar os outros também.

Vissshhh, sobre o passado! Tem gente que repete a mesma história quinhentas vezes, o pior é quando essa história na verdade é algum problema, no qual a pessoa passou, entretanto não superou e fica remoendo constantemente. Enfim, tudo bem se relembrar do passado e das coisas boas que aconteceram, aliás, eu adoro conversar com a minha família sobre a época em que eu era criança e me lembrar das histórias divertidas. Mas, tem gente que fica "batendo na mesma tecla" e não consegue deixar de lado aquilo que não vale a pena.

Eu até que consigo me controlar. Sempre penso bastante antes de falar alguma coisa, mas de vez em quando não dá! Eu acabo largando a "real" de vez em quando, porém quando eu largo a real, procuro fazer isso de forma delicada, ainda mais quando a situação é mais complicadinha. (mas sou bocuda para dramatizar situações ao meu favor e.e hehe)

Enfim, a questão é que em todos os casos, o melhor é não exagerar na hora de falar. Sempre pensar com cuidado e analisar se o que está falando pode magoar alguém ou não. É claro que algumas vezes simplesmente "sai", então nesses casos acho que sentar explicar a situação e pedir desculpas é a melhor forma ^^


Enfim, vou ficando por aqui

Kiss

CELLI ✿ ´´ disse...

HINAAA, você sempre por aqui abrilhantando com um comentário as minha postagens ^_^ Sério mesmo? Lovely Complex? Vou procurar dar uma lida nesse Pandora Hearts, álias li a história dele e pensei logo em um jogo que joguei, será que era Alice to Mare? Foi um joguinho benm legal de RPG Maker mas um pouco confuso a história... Mas não fiquei sabendo não, aliás sou desligada desses assuntos de mangá. Ah claro, shoujo é bem vindo sempre! De histórias ruins ou bizarras sempre tem algo bom que devemos valorizar, sei que você tem ótimas coisas sobre sua vida Hina, e... sim, você não é tão boa em dar conselhos, mas a sempre alguém precisando de uma palavra aconselhadora né não? Então, sei como é ruim falar de nossas vidas para os outros, vivendo isso, parece que quando você fala por mais que a pessoa pareça estar tudo bem, você falou e os seus planos não saem como planejados dependendo do que você fala, esse livro que estou lendo diz que o que nós falamos tem muito poder e realmente tem. Verdade tem coisa que estressa depois de ser repetida várias vezes, aquela história constrangedora, mas devemos ser relevantes em algumas situações. Eu falo de mais, as vezes penso, penso e acabo soltando, mas devemos nos controlar sobre tudo. Tem certas situações que o melhor mesmo é ficarmos calados para não causar mais problema do que já se tem.. Ou simplesmente para não termos problemas, e em vez de falarmos coisas insignificantes falarmos coisas que sejam edificantes. Pedir perdão depois é mais difícil...

Mie Akashi disse...

Olá Celli!

Quanto tempo!!! ^^
Pior que sempre em qualquer situação e em qualquer lugar devemos tomar cuidaddo para falar algo... Apesar que por esses motivos, gosto de ficar sozinha ou com melhor amiga ou amigo, com minha irmã, ou seja andar com uma pessoa no meu lado, tipo não grupo, sabe? Não que seja anti-social, mas para evitar dor de cabeça... É muito legal ficar com muitos amigos, mas é com numero limitado.

Kiss

CELLI ✿ ´´ disse...

Mie, que saudade de tu por aqui menina! Então acho que é isso mesmo, você conseguiu expressar oque eu estava pensando, é legal ter pessoas por perto pra se conversar, é até legal conhecer pessoas novas, mas o cuidado ao falar deve ser duplo, triplo porque as vezes se não nos controlamos falamos mesmo coisas que não devemos.

Paloma { Quase 4 ☆ disse...

Já eu Celli falo de menos, e quando falo sempre sai alguma coisa que todo mundo adora entender no duplo sentido. Ás vezes eu fico chateada, pq neah, eles sempre olharem o outro lado da coisa faz eu ficar bem mais fechada e receosa com o que eu digo.
Ás vezes, ás vezes não, sempre eu tenho a impressão que não sei contar histórias. Sabe quando vc vai contando a história a pessoa não entende, vc repete e vai ficando a partir daí tedioso pq vc se enrola toda. Esse é o meu caso. Queria tanto saber usar as palavras T.T.

CELLI ✿ ´´ disse...

Paloma, oi! Sobre contar uma história ou explicar algo, eu sou terrível, simplesmente horrível, mas sobre falar bastante eu falo sim... Bem, não agora, porque agora tenho aprendido a ficar mais calada... E sobre entenderem duplo sentido sei como é, porque também acontece comigo e eu também fico bem chateada. E, fale mais menina se expresse mais ^_^

Emi disse...

Eu li um livro uma vez que tinha uma lenda de um país do continente africano. Agora não lembro qual, mas a moral da lenda ficou gravada na minha mente "quem perde o corpo é a língua". A gente deveria pensar mais no que fala por causa do impacto que isso pode gerar na vida de alguém. Seu post foi muito interessante, achei bem legal da sua parte fazer esse tipo de postagem.
Beijos :)

CELLI ✿ ´´ disse...

Emi, fico feliz por saber que gostou! Realmente quem perde a língua e fala demais perde tudo, devemos tomar cuidado triplamente quando formos pensar em falar algo, a língua é realmente perigosa.