terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Nada é tão RUIM que não possa PIORAR

Essas duas semanas tem sido bem difíceis, nem iria comentar nada aqui no blog neste momento, eu gostaria de fazer uma postagem exclusiva de final do ano contando sobre tudo que aconteceu, mas não podia deixar o blog vegetando até lá, então resolvi fazer essa postagem hoje.

Como muitos já sabem (pelo menos os que sempre estão aqui pelo blog) meu ano foi péssimo, o pior possível, me lembro que nesta época do ano em meu período escolar, quando era pequena era minha parte do ano favorita, eu morava no Rio de Janeiro, e uma coisa que a nossa família não podia deixar de fazer era viajar para o Nordeste, especificamente para o Recife para casa dos meus avós, ali eu e minha irmã se divertia muito, aprendi muita coisa lá e ria bastante, me lembro de muita coisa ainda, porém agora uma parte das memórias que tenho de lá é invadida por uma onda de tristeza já que dia 05/12 meu avô faleceu, me sinto triste por não ter visto ele antes da morte por um bom tempo não ia de férias e a dor do meu pai me faz uma pessoa triste também.

Como se isso não fosse o pior minha irmã chega em casa falando que uma menina da faculdade dela ia pra faculdade para fazer prova e o ônibus em que ela estava caiu de um barranco, fiquei triste, mas quando fui no facebook vi a noticia de quem era a tal menina, era uma amiga Débora Okuda (a que citei na postagem do Karintô), apesar de não ser tão chegada, saber que já convivi com essa pessoa por um tempo me bateu uma grande tristeza.

Espero que essas duas pessoas queridas, possam estar em um bom lugar agora, e é como minha mãe diz só basta estar vivo para morrer, isso me faz pensar em tanta coisa. Que eles descansem em paz!

(obrigada por lerem até aqui)

14 comentários:

  1. Que triste, é muito triste mesmo, a morte ninguém suporta, não esquecemos, mas levamos isso consigo, levamos essa dor com a gente e vamos seguindo em frente, seja em qualquer dia que isso acontecer, meu avo por parte de pai está no médico com cancer na próstata, eu não estou sofrendo por causa disso, nunca fui mesmo apegada ao meu avo, mas nem chorei no enterro da minha avó, quem vai sofrer mais, é minha mãe, se por acaso o meu avo morrer, ela não vai ter mais os pais, já que minha avó morreu também e eu, só me resta ficar com uma avó por parte de pai, aguente firme Celli, fica assim não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ester, sim digo o mesmo, apesar de gostar muito do meu avô, a maior parte é o sofrimento dos meus pais, afinal espero que dê tudo certo com seu avô, obrigada pela força.

      Excluir
  2. Yoooo belezura!?
    Bem, antes de tudo...Você mora no RJ na cidade mesmo ou só no estado!? Porque sempre se ouve falar da cidade, porém pouquíssimo sei sobre o estado e até mesmo sobre a "Cidade Maravilhosa" (fiquei curiosa *-*).
    Enfim, esse meu ano foi mais tranquilo, bem...no começo foi meio conturbado, pois meu pai teve que se operar do coração (e foi por pouco!), porém tudo ocorreu direitinho e agora ele já está recuperado e trabalhando \o/, mas infelizmente não posso dizer o mesmo sobre ano passado e nos anteriores, me lembro que foi uma época beeemmm difícil, foi uma treta em cima da outra, mal se resolvia uma coisa e já vinha outra por cima (e para piorar meu pai estava desempregado), MAS é como eu sempre digo: Mais cedo ou mais tarde as coisas melhoram! Ano que vem é provável que as coisas se acalmem para você, basta respirar fundo e ter paciência ^^. Sobre seu avô e amiga, meus pêsames, porém pense pelo lado de que você conseguiu aproveitar ao máximo a companhia do seu avô e que se você sente saudades significa que tudo valeu muito a pena ^^ (lembre-se que conseguiu fazer ótimas memórias enquanto ele estava vivo ^^)
    Enfim, que esse ano novo seja um ótimo ano para você \o/
    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hina eu nasci lá, e passei uma boa parte da minha vida lá, agora, moro no interior de São Paulo :) Fico feliz pelo seu pai, mas é como você sempre diz uma hora ou outra as coisas se resolvem, esse ano não foi bom pra mim, mas o próximo ano as coisas podem ser bem melhores do que eu possa esperar, paciência acima de tudo! Você tem razão, as memórias boas não podem ser esquecidas.

      Excluir
  3. Oi marcelli tudo bem? Tempos que não acesso o blog ein? kkk

    Vim desejar que tudo o que esta acontecendo mude, que as coisas voltem ao normal, e que o ano nao acabou, então coisas muito boas podem ocorrer ainda. Meus pêsames pelo que ocorreu com seu avô e pela sua amiga, não digo que entendo, porque nunca passei por isso, mas espero profundamente que tu supere!. Isso não é bem um conselho, mas um ponto de vista... Todo dia, acontece pequenos milagres mesmo sem percebermos, só de acordar e abrir os olhos, ou poder sorrir mais uma vez, vai juntando os pequenos milagres e os tornam grandes por sí só :D

    Peace

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leo, fico feliz de ver você por aqui! Assim espero que coisas boas possam acontecer, mas no momento apenas espero por 2015 o mais rápido possível. Já estou bem melhor, e temos que superar de uma forma ou outra. Verdade devemos olhar por esse lado :) Não se esqueça de voltar!

      Excluir
  4. Olá Celli!

    Eu de novo ^^

    Poxa, como dói quando perde pessoas queridas da sua vida... Mas acredito que essas pessoas estão descansando em paz, te protegendo sempre.
    Uma pena sobre da sua amiga também, tão jovem e acontecer essa tragédia... Que descanse em paz.

    Obrigada por comentário na minha postagem, porém minha família sempre foi complicada e que era difícil aceitar na minha vida. Agora estou livre delas, estou seguindo minha vida, estou fazendo minha vida agora, então estou feliz por isso!

    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mie é realmente horrível né, ela era realmente jovem e tinha muitos sonhos, e até um show da banda japonesa Arashi marcado...
      Me sinto super feliz por você, continue assim, seja a pessoa que você se sinta bem, seguindo o melhor caminho, te desejo tudo de bom ;)

      Excluir
  5. sinto muito pela perda, seja forte.
    Quem sabe em 2015 as coisas correm para vocês xD

    http://aishiteruemcontos.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hina Prado, é o que mais espero de 2015, ser um ano bem melhor que 2014 foi, obrigada pelas condolências!

      Excluir
  6. Poxa, sinto muito pela perda dessas pessoas queridas! :( Sua família é de Recife? Moro aqui. Melhoras! Que tudo em 2015 pra você seja maravilhoso!
    ((mikicandy))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sakura, muito obrigada! Minha família por parte de pai é sim, lugar lindo e cheio de boas recordações <3. Acredito que realmente 2015 será um ano bem melhor.

      Excluir
  7. Eu costumo perguntar se esta tudo bem primeiro,mas..eu já sei a resposta :( bem..eu te entendo e isto é muito dificil,e só o que pode curar é o tempo,só que nunca devemos nos esquecer destas pessoas e sim amá-las eternamente,lembrando somente das coisas boas que passamos ao lado delas.
    O meu avô também já morreu,mas..eu não pude ir no velório dele,a minha mãe não deixou,eu tenho medo de velórios e cemitérios,mas não custava né? é o meu vovô..e bem ele não era meu avô verdadeiro,o que era fugiu de casa,até hoje não sei o pq,mas eu sempre dou valor as pessoas que sempre estiveram ao meu lado,eu amo ele <3 espero que você fique bem e procure quando lembrar dele..pensar somente no quanto ele te fez bem :) seu blog é mt fofo!

    my-dear-cake.blogspot.com.br

    Chu♥

    ResponderExcluir
  8. Sei como é perder alguém.. É difícil, ao pensar que jamais verá aquela pessoa novamente, só deixa a situação mais difícil ainda... Só o tempo pode curar, e espero que cure e Deus conforte o coração. Se tudo der certo 2015 será um ano de bençãos. Espero que fique bem!

    sonho-oriental.blogspot.com

    ResponderExcluir