sábado, 4 de novembro de 2017

[DORAMA] Hello my Twenties/Age Of Youth


Sinopse: Cinco universitárias com personalidades variadas compartilham a casa e os problemas delas, vivem uma comédia sobre amizade, amor e as dificuldades da vida universitária. Juntas, elas passarão por vários desafios diante da vida, mas para que mais serviriam colegas de quarto?


Comecei a ver este dorama super despretensiosamente, até que ele veio com cinco lições de vida embaladas para presente, colocando assuntos que com certeza iremos nos identificar, e sofrer com a vida de cada umas das personagens, isso mostrando o dia a dia de cada uma, suas emoções, seus conflitos internos. E além disso tudo como é morar em uma casa compartilhada, essa que se chama Belle Epoque, com outras quatro meninas com gostos e vontades totalmente destintas.

Aprendendo a amar e confiar
Eun Jae, a mais nova moradora da casa, toda introvertida, tímida, não gosta de entrar em conflito com ninguém, e é sempre receosa falar o que pensa, com o tempo vai aprendendo a lidar com as garotas e principalmente a si mesma.

Song Ji Won, era a animadora do grupo, super engraçada, é tipo de amiga que todas querem ter e vai te alegrar na pior das situações, sempre está marcando encontros mas acaba que nenhum cara realmente retorna para ela sem querer que seja apenas amigo e para finalizar vê fantasmas?!

Nem toda pessoa é o que parece
Jung Ye Eun é totalmente romântica, se preocupa muito com aparência, e mais ainda com a questão de relacionamento, o qual ela se importa demais, não consegue se ver longe do namorado que é um grande sacana, se torna uma mulher bem mais forte e madura ao final do dorama.


Kang Yi Na é popular pela sua aparência e consegue seduzir os homens por conta dela, e acaba tendo vantagens deles por conta disso. Chega a ser fútil no começo da série e assim como as outras meninas, ela tem problemas com o passado e tenta da melhor forma possível lidar com isso, e se torna uma companheira de casa digna de palmas.

Apoio
Yoon Jin Myung, a que mais trabalha em todo o drama a fim de pagar as contas, sobreviver e dar dinheiro para a mãe que tem o irmão em coma no hospital e isso a faz madura, e responsável, é muito severa consigo mesma não se permitindo diversão ou romance.

Este dorama vale muito a pena assistir, disponível no Netflix, desvenda muito os desafios que enfrentamos com vinte e poucos anos. Encontra um grande suspense ao longo do drama, mas que no final te dá um ufa! Em vários momentos você conseguirá dar boas risadas, e em outros com muita, muita raiva e em meio a tudo isso você fica pensando e se eu estivesse na situação? Como agiria?
Uma novidade só para mostrar o quão lindo esse dorama foi que já tem até segunda temporada!


Para finalizar, deixo aqui a OST da serie que cá entre nós é linda, já tenho cada uma delas implementada em alguns momentos de recordação e dramas da minha vida, e repasso para vocês ouvirem também, aproveitem e não se esqueçam de assistir a serie que mais recomendo nos últimos tempos.

sábado, 7 de outubro de 2017


Hoje foi um dia bom, hoje foi um dia bom, hoje foi um dia bom, e posso repetir isso milhares de vezes e sabe porque? Porque hoje simplesmente tive a oportunidade de abrir meus olhos e ver que Deus me deu um dia inteirinho de novas oportunidades, hoje foi um dia bom porque tive a oportunidade de olhar para o céu mesmo nublado e sem cor, hoje foi um dia bom porque pude perceber pequenas coisas em meu caminho, hoje foi um dia bom porque pude sorrir, hoje foi um dia bom porque estou amando, hoje foi um dia bom por errar e aprender mais uma vez, hoje foi um dia bom por ter um sonho para ir atrás, hoje foi um dia bom porque ainda tenho muito o que viver e experimentar, hoje foi um dia bom porque eu cai da maneira mais linda de todas, hoje foi um dia porque você estava ao meu lado, hoje foi um dia bom porque tenho esperança, hoje foi um dia bom porque sei que amanhã vai ser um dia melhor ainda!

sábado, 9 de setembro de 2017

PAUSA PARA O FILME: INVASĀO ZUMBI


Invasão Zumbi ou Train to Busan um filme de terror e ação estrelado por Gong Yoo (x), e o que me faria chorar em meio a um filme de zumbis? 

Confesso que por se tratar de um filme coreano no qual em 2016 estava em cartaz nos cinemas do Brasil, e chegou a grande marcos de espectadores em todo o mundo estava muitíssimo ansiosa por ele, agora em 2017 vou finalmente vê-lo e minha animação não foi outra, apesar de ser medrosa em meio ao terror fiquei feliz por reconhecer alguns artistas do filme.

Um alce zumbi, é assim que começa o filme, em questões dos zumbis gostei muito, zumbis ágeis e espertos são as características que me agradam deste estilo, outro ponto que me agradou é que não houveram grandes sustos então eu pude respirar, respirar? Quer filme com cenas mais tensas que este? Tinha horas que realmente imaginei que as coisas iam sair dos "trilhos".

Mas o que finalmente me fez chorar? Porque esse clima coreano sempre me deixa com água nos olhos? A reflexão deste filme me levaram a níveis altos quando se fala sobre os humanos, seus erros, suas falhas, egoísmo, generosidade e amizade, será que os humanos são como zumbis nestes termos?